QUALI E QUANTI CONSTROEM MAIS CONHECIMENTO JUNTAS...

Pelas características e estrutura da Perception – somos uma equipe multidisciplinar com especialistas em quali e em quanti e formamos um time único - realizamos muitos projetos para avaliar produtos e serviços; compreender hábitos e atitudes; avaliar imagem de marcas, etc. que combinam estas duas abordagens.

A cada projeto realizado temos confirmado a potência que os dados das duas abordagens ganham quando analisados e apresentados de forma integrada. Além de se complementarem, cada um consegue jogar um pouco mais de luz sobre o outro: a quali nos ajuda a levantar hipóteses para os números e compreender as razões de alguns resultados observados; a quanti a dar o real peso a tendências que muitas vezes aparecem na quali de forma mais difusa ou fluida. Prestar atenção a esta complementaridade dos dados e valorizá-la é, no nosso ponto de vista, obter direções mais claras para os estudos.

Na avaliação de produtos, por exemplo, essa integração tem sido muito proveitosa, uma vez que, além de compreendermos a performance de cada produto e seus atributos conseguimos estabelecer, com profundidade, as razões que estão determinando esta avaliação e vinculá-las aos números. Rechear a avaliação numérica de cada atributo de um produto com depoimentos a respeito dessa experiência de uso é obter um retrato mais apurado da temperatura desta avaliação. Além, é claro, de haver a possibilidade com a quali de gerar linguagem para a futura comunicação do produto testado.

Por essa razão, temos trabalhado em muitos estudos de avaliação de produtos com as duas abordagens. Fazemos quali com uso de produtos (consumidores usam o produto e depois vão para grupos ou entrevistas em profundidade) paralelamente ou antes do campo da etapa quantitativa e trabalhamos os resultados de forma integrada.

Temos obtido bons resultados do trabalho integrado entre quali e quanti também na construção de questionários a partir da quali. É prática tradicional em pesquisa que a quali subsidie a elaboração de questionários para uma etapa posterior quantitativa. O fato em si não é nenhuma novidade, mas com uma equipe única temos feito os questionários a várias mãos em reuniões de trabalho com toda a equipe do projeto. Dessa forma conseguimos combinar os relatos e percepções de quem esteve em contato direto com o consumidor (os moderadores quali) com a expertise dos profissionais responsáveis pela elaboração do questionário.

Em estudos de avaliação de serviço, por exemplo, a partir deste trabalho conjunto é possível gerar para o questionário não apenas atributos gerais a partir dos quais se avaliarão determinados serviços, mas desdobrá-los em diferentes níveis de satisfação – identificados e elaborados a partir da quali - para cada atributo.

Há diversas possibilidades nesta integração entre quali e quanti que vão sendo criadas e aplicadas a cada trabalho e em cada tipo de projeto. O importante é ter isso estabelecido como prática constante nos trabalhos de forma a não separar o que junto não apenas soma, mas multiplica o conhecimento de cada projeto.

Camila TONI

Estudos Qualitativos

Camila Toni é psicóloga, formada na PUC de São Paulo e trabalha com pesquisa qualitativa há 20 anos.